terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

A saga dos móveis planejados

Contei que foi chato, que andei muito até me encontrar com a Thais, que muita gente não me retornou... mas não contei em detalhes coisas que todo mundo que vai comprar planejados deveria saber...
- Não se iluda, são móveis MODULADOS. Se fosse planejados poderiam fazer um armário com 67,8 cm e não um de 60cm e tapar o vão de 7,8 cm. Planejado você faz do tamanho que precisa. Modulado você adequa. (já sei todas as medidas padrão rs)
- Muita, mas muita gente não vai te retornar. Você vai deixar a planta, vai falar do que gosta ou não, vai ser simpática e... e NADA. Tem gente que não vai retornar e pronto.
- Tem gente que vai te retornar duas semanas depois: Oi, seu projeto está pronto, quando você pode ver?
- Tem gente que vai te ligar: Oi, eu já te liguei? (esse inclusive foi o diálogo mais bizarro que eu já tive com um vendedor... rende um post rs)
- Tem gente que vai te ligar MUITO. Mais de duas vezes na mesma semana querendo saber se você já fechou, por que ainda não fechou, o que deveria fazer para você fechar. Malas.
- Tem projetista que não vai te dar trabalho. Ele vai fazer seu projeto e você TEM que aceitar, por que ELE SABE o que funciona. Mesmo que seja horroroso.
- Tem projetista que vai fazer seu projeto muiiiito menor e teimar que está certo.
- Tem projetista que vai fazer o maior teatro do mundo para fingir que te da um puta desconto. (Quando na verdade o primeiro valor era simplesmente ABSURDO)
- Tem projetista que vai te falar um valor absurdo e fingir que é a coisa mais normal do mundo.
- Tem vendedor que vai falar mal das outras marcas. (esses nem participavam da minha cotação...)
- Tem vendedor e projetista para todos os gostos... eu já achei a minha, ainda bem...

No próximo post vou detalhar as visitas com nomes aos bois.

Ou você aí que me conhece achou mesmo que eu perderia essa oportunidade de reclamar oficialmente dos caras que atendem mal???

o progresso da casinha

Só quem está reformando sabe o que é chegar em casa e ver uma parede assim, alinhadiiiinha... rs





Ai ai, durmo tão mais tranquila quando vejo isso...

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Materiais

video


e isso não é tudo.... afff

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Pronto!


Escolhida e comprada!

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

a bola da vez

O dilema da vez é ter o material e não ter quem coloque o piso agora... eeee! Felicidade geral.

Compramos parte na C&C e um acabamento que faltou, na Leroy.
A Leroy eu já estava preparada para esperar além dos 5 dias úteis que me deram, porque retirar material lá (ou receber em casa) é um parto. NUNCA está la na data. NUNCA chega em casa na data. E o atraso é longo... Mas, claro, para me contrariar, estava lá! Bonitinho, embaladinho, rapidinho.... incrível.
Os da C&C então... chegaram pontualmente na data... super recomendo. Além de, movidos por um suco geladinho da sogra, colocarem tudo e-xa-ta-men-te onde ela queria. E ela ainda foi elogiada pelo gesto do suco! rs

O pedreiro não pôde me passar uma data ainda... a aflição? Vou tirar uma semana de folga para cuidar disso... e PRECISO que seja a mesma que ele vá colocar o piso! Vocês imaginam a minha alegria agora?

Enquanto não colocarem tudo, vou ficar tendo pesadelos horrorosos que tudo está mal colocado ou fora da medida... é o trauma de ter errado 3 tomadas já!

Mas por outro lado...
A casa já tem cara de casa!! Amanhã a Tais da Italínea vai lá tirar as medidas para a cozinha e o banheiro...bommmm. Gente que entende das alturas corretas!! (as tomadas eu coloquei quase no meio da parede para não correr o risco de errar)
da cozinha para a sala

da sala para a cozinha

a cozinha


E sábado é o grande dia.... o dia que escolheremos as pastilhas. Ou não! Mas vamos visitar uma loja incrível em Perdizes. Indicação queeente da Elianita!!








Oremos! Já consigo até pensar nessa vermelha com mais carinho....

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Frase do dia

Se você tem um pedreiro, não tem material.
Se você tem material, não tem o pedreiro.

Não há como fugir!

Público

Isso é no mínimo surpreendente!!

Só não me surpreende as da Suécia... rs

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

o dilema da cozinha

Quando decidimos os móveis da cozinha, bateu um alívio sabe? Tipo, falta comunicar a vendedora que decidimos, mas até aí... DECIDIMOS né?
Né, mais ou menos, porque tem que decidir o revestimento....
Eu confesso que sou a mais Zé-preguiça que conheço quando o assunto é casa. Não terei nenhum móvel com vidro. Por quê? Porque tem que limpar e limpar vidro é muito mas muito chato e difícil. Quase ninguém faz direito... eu faço, mas levo anos luz, o que não vale muito a pena, já que levo mais tempo limpando que sujando.
O fator de escolha dos móveis foi a simplicidade nas formas: quanto mais reto, melhor. Só portinhas, nada de gavetões.
E por aí vai.
Logo... decidi não pintar a cozinha, mas revesti-la inteira. (Porque eu odeio limpar, mas curto cozinhar... e sem tampas!!). Aí entra o dilema...
O piso será cinza, um efeito meio cimento queimado e as paredes serão brancas... os móveis são tipo amêndoa... e só. Para mim estava ótimo... só tenho panelas coloridas. Pratos idem. Todos os meus utensílios tem cores fortes...
Antes de irmos comprar, vimos essa cozinha:
.
Não lembro de onde tirei, mas é da linha de planejados da Itatiaia.
.
... aí que Husband achou maior bonita essa faixa que passa atras do fogão e coifa e como a nossa cozinha é mais ou menos nessa pegada, eu guardei a ideia, frisando que "azul na cozinha, nem pensar".
Husband tem boa memória e lembrou disso quando escolhemos os pisos e vimos aqueles revestimentos que imitam pastilha mas são uma única peça...
O problema é: Husband vota no vermelho e eu no cinza (eu adorei o branco também, mas aí estarei forçando a amizade... dele).
Eu não consigo imaginar algo vermelho na cozinha (não para sempre... as panelas são vermelhas, mas quando enjoar eu guardo no armário e não vejo ho ho ho). E ele acha que cinza vai ficar mortão... (eu adoro cinza!)
Tenho até sábado para decidir o que fazer... se não tudo ficará branco (nem eu, nem ele ho ho ho).
.

o piso é esse mais escuro da foto (mas com rejunte cinza)



minha opção

opção Husband

Pode ser também que teremos outra brilhante ideia e não essas duas e nem o branco total.... quem sabe??

Cismei com a cor rosa... e nem achei nada dessa cor... ainda.......

Scrapbooking

Um dos presentes mais legais que eu já dei foi um álbum todinho feito de scrapbook. Foi para minha melhor amiga, minha irmãzinha, a Ju... prometi para uma porrada de gente que ia mostrar o resultado final e nunca mostrei (fazem DOIS anos rs). Quando vi esse post, no blog da Vivi, achei que eram os sinais (sempre os sinais!) e fui à caça das fotos para postar.
Não são as melhores fotos, mas retratam o álbum sendo feito e finalizado. (mesmo porque não tenho coragem de pedir de novo ele pra Ju, já que da última vez que fui mostrar pra alguém, fiquei meses com ele em casa rs).

mesa de trabalho (sim, eu sou mega desorganizada trabalhando)
detalhe da capa

o book na caixinha

caixinha fechada (a caixa foi feita fora, eu só personalizei)

álbum e caixa

abre

desde quando ela era bem pequenina...

...e foi batizada... (notem o passarinho.... ai amo rs)

Milera

as 3 marias

RA! magrela!

muito pheena, minha amiga tomando chuva no Chile... (e eu no Michaellis descobrindo como se escrevia CHUVA rs)
Caso ainda reste dúvidas: Sim, dá trabalho! No post da Vivi a coisa é mais simples porque a técnica de Scrapbook normalmente é aplicada em uma página, ou um detalhe personalizado em todas iguais ou na capa... eu fiz mais de 50 páginas totalmente diferentes uma da outra. Levou 1 mês de trabalho e eu trabalhei TODOS os dias depois do expediente comercial até pelo menos 1h da manhã... a melhor amiga tem um, husband tem outro (não tão frufru, mas com mais de 50 páginas, todas diferentes). Agora só digital!

Sim, eu levei um mês fazendo do Husband na mesma pegada e ainda assim quis fazer um pra menina que dá umas 30 vezes mais trabalho!

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

planta da casinha

Ainda não é a definitiva. Os móveis não necessariamente são esses, a geladeira não vai ficar desse lado, mas essa é a nossa casinha na planta baixa.


Eu ia dar o crédito, mas a dona Adriana Ribeiro não atualizou seu blog... #fikbronca!

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Seu Antônio

Seu Antônio é um capítulo a parte. Literalmente!
Foi indicado pelo pai da minha amiga de infância. Super mega blaster de confiança.
Seu Antônio tem por volta de 70 anos. O que me deixou muito preocupada, pois o contratei para quebrar o apartamento e o serviço não é bem uma moleza. Mas o Maurão (o pai-da-amiga-de-infância) garantiu a credibilidade do rapaz.
Seu Antônio começou tímido. Mal me olhava para falar. Hoje não consigo levar menos que meia hora em cada visita que faço ao apartamento "só para saber se está tudo bem".
Seu Antônio já me deu um susto (uns posts para trás) dizendo que não sabia se continuaria indo porque o serviço não estava rendendo como ele esperava.
Seu Antônio, não contente com o primeiro susto, decidiu me dar mais um. Me abriu a porta sem o sorriso costumeiro. "Tá triste Seu Antônio?". "Tô com um pouco de dor nas costas... é que ontem eu fiquei de cócoras (CÓCORAS!!!!! EU não fico de cócoras nem na ioga!!) tirando o piso da cozinha." "Ô Seu Antônio, vai embora descansar". "Vô não dona Paula. Se a dor melhorar, que adianta? Depois tem o chão do banheiro pra quebrar. Então faço tudo de uma vez, depois descanso".
Seu Antônio já fez amizade com TODOS os porteiros (e são muitos porque são duas portarias). E já anda desvirtuando meu sogro (que gentilmente está refazendo a parte elétrica e hidráulica) para tomar um cafezinho no meio da manhã e no meio da tarde. Mas quando meu sogro diz que vai pagar ele não toma com leite. Ele também fez questão que meu sogro dividisse a marmita com ele... "é muita comida que minha mulher põe!"
Seu Antônio acabou o trabalho pesado nessa sexta. Ajudou ontem e hoje a fazer o contrapiso (que está pronto! Amém Jesus!) Mas quer ajudar a pôr o piso, afinal, como ele mesmo disse: Vai roer o osso e não comer a carne??
Mas na verdade mesmo eu acho o Seu Antônio muito doido!

Não consegui ir até o apartamento pedir uma foto pro Seu Antônio! Quem sabe quando ele por o piso??

Os ilustres moradores dessa cozinha tão dificil

O título é dramático, mas o post é bacana, vai por mim... nem tem texto.

o forno elétrico, presente dos cunhas

o grill (que eu levei 100 anos para escolher), presente da vovó

o cooktop, bacanudo né? grandão!... um problema para escolher a coifa!

a geladeira (eu venciiii, ficamos com uma média!)

a vizinha, vai morar ao lado, mas tava ali dando mole no google, presente dos sogros

o microondas... pheeno! presente da madrinha

a torradeira. sim, eu AMO pão de torradaeira...

a coifa, recém-comprada, para não errar na medida da cozinha

Faltam ainda os presentes da cunha, já que ela me tirou no amigo secreto de Natal... mas não consigo lembrar de jeito nenhum da marca da cafeteira! sorry cunha!

A saga da cozinha

Bem... como prometido, posso preparar o post com os moradores da cozinha... andamos muito, fomos muito longe, passamos horas sentados a espera das maquetes (passamoS é figura de linguagem, porque Husband foi em umas 3 rs)... mas valeu a pena. Encontramos uma cozinha bacana, que cabe na casinha e no bolso...
Para isso fomos até o Interlar Aricanduva. Pense num lugar muito, mas muito grande. Pensou? Agora triplica... é o Interlar... voltei com bolha nos pés (e eu estava de chinelinha! rs).
Acabamos entrando em uma loja porque achamos bonitos vários móveis e também uma cozinha montadinha. E não é que era Italínea mesmo. Igual a que eu havia orçado na Lapa, mas com uma grande diferença: mais de R$ 1000!
A Taís, que nos atendeu, ficou com o endereço do blog (já somos amigas de infância, oras!) e vai ficar super feliz de saber por aqui que vamos mesmo fechar lá com ela!!
A foto é mais ou menos como vai ser a nossa (mais simples impossível) mas tem bem menos armários, porque não temos paredes rs
As portas são assim, mas os puxadores não. O canto é assim, mas os móveis altos e aéreos não. Ou seja, é quase isso mas não é isso... Foto roubada aqui.
As portas são simples na esperança que enjoemos logo e eu possa fazer dessa, a cozinha Pantone ho ho ho